Vitrine infantil: como criar uma vitrine divertida

Se é verdade que os consumidores estão cada vez mais exigentes, também é verdade que a opinião das crianças na decisão de compra é cada vez mais influente. Os “mini consumidores” podem até ser pequenos, mas as crianças dessa nova geração já parecem saber o que querem. Por isso, é muito importante saber atrair atenção delas. Afinal, hoje em dia, chamar a atenção dos pais já não é mais suficiente.

O principal ponto para ter uma vitrine infantil de sucesso é: ver o mundo através dos olhos das crianças. Isso significa: imaginar como eles imaginam, sonhar como eles sonham, amar o que eles amam, porque o mundo das crianças é lúdico!

Separamos abaixo algumas dicas para te inspirar a criar uma vitrine que ganhe o coração das crianças e dos pais. Vamos lá!

 

#01 – Das telas para as vitrines: aproveite os temas que fazem parte do universo dos pequenos.

O universo das crianças é repleto de temas. Se você convive com crianças no seu dia a dia sabe que todo aniversário eles pedem uma decoração com um tema diferente. E o mesmo pode servir para as suas vitrines!

Filmes, personagens, desenhos animados… A inspiração pode vir de várias fontes diferentes. O importante é explorar temas que estejam em alta e aproveitar os timings para fazer coisas diferentes. Afinal, a cabecinha das crianças é um mundo bem colorido e fantasioso.

Os personagens são sempre os itens preferidos das crianças e com certeza vão atrair muitos olhares para sua vitrine! É muito fácil compor uma vitrine com personagens, pois podemos encontrar muitos desses itens facilmente nos bazares de festas e decoração da cidade.

 

#02 – Não economize nas cores e elementos.

As cores são fundamentais em uma vitrine infantil criativa pois o mundo dos pequeninos é todo colorido! Os personagens possuem suas cores predominantes e a maioria das datas comemorativas e dos temas que podemos escolher também. Então, nada de fundo branco para vitrine. Deixe tons básicos e branco para as vitrines de ano novo!

 

#03 – Exponha os produtos na altura das crianças.

Se estamos numa loja infantil, nossa intenção é encantar as crianças, certo? Para fazer isso, você precisa expor os produtos na altura delas, para que elas efetivamente “enxerguem” o que a loja vende.

Além disso, você já sentiu a sensação de voltar para algum lugar onde você esteve na infância e pensar: “Nossa… Lembrava deste lugar bem maior!”? A sensação de que tudo era maior quando a gente via com olhos de criança faz com que o uso de escalas também seja um recurso muito bom para explorar em uma loja infantil. Mexer com os sentidos a partir disso com certeza vai marcar a memória da criançada.

 

#04 – Crie experiências pensando na relação entre pais e filhos.

Atrair mini clientes precisa ser algo que vai muito além das vitrines! Hoje em dia uma das maiores queixas das pessoas é a falta de tempo, inclusive para passar mais tempo com a família. Além desta correria do dia a dia, há muitos casos de pais separados que acabam tendo curtos períodos para curtir os seus filhos.

Levando em conta este contexto, você já pensou em transformar sua loja infantil num espaço para pais e filhos aproveitarem juntos um momento “pai/mãe e filho”? Além de ser uma opção para compras, sua loja também poderá ser vista como uma opção de passeio!

Oferecer uma experiência positiva faz com que o cliente crie uma lembrança afetiva. Com isso, ele vai se sentir mais à vontade para consumir e provavelmente vai querer voltar para fazer novas compras, e isso tudo começa com uma vitrine infantil bem feita e alegre.

Isso pode ser feito de maneiras simples, a partir de espaços para atividades como desenho, brincadeiras, leitura, ou até mesmo proporcionando eventos especiais na loja de tempos em tempos.

Inspire-se nessas ideias e boas vendas!

 

(47) 3332-1435 / (47) 99918-4616
suporte@gueda.com.br
Projeto Web Site - Agência, Projetos, Marketing, Websites